Juventus/AP [BRA]

Atualizado em 28/11/2018
Nome Oficial
Juventus Esporte Clube
Fundação
??/??/1957
Status Atual
Extinto
Endereço
Macapá - Amapá
Brasil  
maps
Retrospecto
Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Apelido(s)
Moleque Travesso
Equipe Ranqueada
Juventus
Outros Sites

Estádios como mandante (jogos(s) registrado(s))
Histórico
O clube desapareceu das competições oficiais da FAD no início da década de setenta por causa de uma divergência entre os padres do PIME e o treinador Humberto Santos, que se uniu a outros esportistas e trouxe a Sociedade Esportiva e Recreativa São José de volta aos gramados amapaenses, já que a agremiação fundada por Messias do Espírito Santos estava licenciada.

O Juventus Esporte Clube, de Macapá, pretendia disputar o campeonato Amapaense de Futebol usando camisas iguais a do Juventus da Itália, alvinegras. Ocorre que o Amapá Clube tinha uniforme semelhante, espelhado no Botafogo de Futebol e Regatas do Rio de Janeiro, o que fez prevalecer a preferência do alvinegro amapaense. Foi, então, que o Chefe Humberto Dias Santos, um dos fundadores do Grupo de Escoteiros Católicos São Jorge, cuja cor do lenço era verde e vermelho, sugeriu que elas também fossem adotadas como cores do time de futebol. O verde e o vermelho são as cores de São Jorge, patrono do Exército Português. As cores de Portugal também são essas.
O Juventus Esporte Clube, é filho de padre. Foi fundado no seio da antiga Prelazia de Macapá, na Praça da Matriz, por iniciativa de sacerdotes italianos e revelou muita gente graças ao olho clínico e competência do técnico Humberto Dias Santos. Rivalizou com CEA Clube, Santana, Macapá, Amapá e Trem na década de sessenta, antes da volta do São José, licenciado, e antes do surgimento do Ipiranga e do Independente, o Carcará de Vila Maia. Era dirigido por Humberto Dias Santos, que levou o Moleque Travesso ao tricampeonato na era do futebol amador.

O Moleque Travesso do Futebol Amapaense desapareceu das competições oficiais da Federação Amapaense de Desportos (FAD) no inicio da década de 70.

A razão pela extinção foi decorrente de uma divergência entre os padres do PIME e o treinador Humberto Santos, que se uniu a outros esportistas e trouxe a Sociedade Esportiva e Recreativa São José de volta aos gramados amapaenses, já que a agremiação fundada por Messias do Espírito Santo estava licenciada.


Fontes: http://porta-retrato-ap.blogspot.com.br/, http://joaosilvaap.com.br/
Pesquisa: Diogo Henrique
Arte do escudo e uniforme verde e amarelo: Sergio Mello
Título(s)
Campeonato Amapaense (3 Título(s))
1964, 1966, 1967
Escudos na linha do tempo
Clique aqui para ver os escudos e sedes usados por este time na linha do tempo
Escudo(s) Anterior(es)
Juventus/AP [BRA] Juventus/AP [BRA]
Uniforme(s)
Juventus/AP [BRA] Juventus/AP [BRA]