Pederneiras/SP [BRA]

Atualizado em 02/10/2018
Nome Oficial Associação Atlética Pederneiras
Fundação  25/12/1933
Status Atual  Amador
Endereço  Avenida Antônio Ruiz Romero, s/n
Bairro  Vila Ruiz
Cidade  Pederneiras
Estado  São Paulo
CEP  17280-000
País  Brasil
Retrospecto  Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Localização 
Telefone 
Apelido 
Mascote 
Uniforme 
Equipe Ranqueada  Pederneiras
Grafia Orig. 
Grafia Orig. Oficial 
CNPJ 
Site Oficial 
Outros Sites 
Outros Sites 
Estádios 
Joaquim Cortegoso, Pederneiras/SP, Brasil
Antônio Ruiz Romero, Pederneiras/SP, Brasil
Histórico 
Com a extinção do Ford Futebol Clube, um grupo formado por Romão Torres, Mauricio Garrone, Sebastião Xavier, Jesus Monguilod, Mario Pompei, Luiz Beltran de Souza e Augusto Viccário, fundaram a Associação Atlética Pederneiras em 25 de dezembro de 1933.

Antonio Faciolo, conhecido como Piva, dirigiu a Atlética por mais de 30 anos. Graças à sua dedicação a entidade teve momentos de glória, sendo destaque no futebol amador da região de Bauru. Foi Presidente da Atlética por sucessivos mandatos. Piva foi também um dos primeiros jogadores da Associação Atlética Pederneiras, juntamente com Ângelo Ghiraldelli (Tigre), Pedro Cestari (Pierim), Alfredo Souza, Valdomiro Sales, Damasceno, Guilherme Cestari, Vicente Silva, Paiva, Tito e Mauricio Garrone.

Em 1941 o Estádio na rua 15 de Novembro, ganhou o nome do Dr. Joaquim Cortegoso, em homenagem ao ex-prefeito, que se empenhou para que o estádio se tornasse realidade e passou a ser a casa da Associação Atlética Pederneiras. Na época o time da Associação era formado com os jogadores Waldomiro, Renato, Tatu, Zezinho, Mario, Arlindo, Catarino, Mendes, Alcesti, Paulo e Germano. Com a expansão da Cerâmica Ruiz, o local onde se situava o Estádio Dr. Joaquim Cortegoso foi incorporado à importante indústria cerâmica. Em troca Francisco Ruiz, Francisco Fernandes Mota Filho, Antonio Ruiz Filho e Francisco de Assis Fernandes Ruiz doaram recursos para a construção de um novo estádio.

Em 24 de abril de 1955 foi inaugurado o Estádio Antonio Ruiz Romero, que foi projetado por Wilson Ruiz Fernandes e pelos engenheiros João Silveira Filho e Celso Antonio Rugai. Na inauguração do Estádio aconteceu a partida entre a seleção dos Veteranos Paulistas, da Federação Paulista de Futebol e a equipe da Associação Atlética Pederneiras. Nessa partida a equipe da A.A.Pederneiras teve a participação dos seguintes jogadores: Walter Carvalho, Paulo P. Beltramini, Álvaro Coleone, Walter Monguilod, Joaquim Alonso, Antonio de Godoi (Borracha), Milton Coque, Anézio, Laudesmir Mazinador (Nego), Antonio Gonzalez, Osvaldinho Borges, Valter Garrone, Oraldo Frascareli (Bauru), Zé Português, Manoel Sória (Maneco), Renato Brando, Carlos Beltramini (Carlito), Dirso de Godoi Bueno e Pedro Berbel Filho.

A A.A. Pederneiras disputou por muitos anos o Campeonato Amador do Estado, promovido pela Federação Paulista de Futebol, sendo destaque entre as equipes das regiões de Bauru e de Jaú.

Em 1956, a Associação Atlética Pederneiras foi a vencedora da etapa regional do XXIV Campeonato Amador do Estado de São Paulo, sagrando-se campeã, ao vencer o Pederneiras E.C. (PEC) por 1 a 0, em um clássico bastante disputado. A A.A. Lençoense, de Lençois Paulista, foi a vice-campeã. A A.A. Pedeneiras contava com muitos jogadores que atuavam em equipes amadoras da cidade de Bauru, como Toninho, Walter, Rui, Walter Police, Barranco, Zito, Nézio, Joaquinzinho, Finazzi e Artaban. O técnico era Limão (ex-zagueiro do E.C.Noroeste) e Artaban chegou a integrar, como profissional, a equipe do Bauru Atlético Clube (BAC).

Com a saída de Antonio Faciolo (Piva) do comando da A.A. Pederneiras assumiu a presidência da A.A. Pederneiras o esportista Jurandir Bueno de Souza, filho de Gabino de Souza, que presidiu o E.C. Noroeste, de Bauru, quando a equipe bauruense acendeu pela primeira vez a divisão principal do futebol paulista. Jurandir, juntamente com Nelson Littério, desenvolveram bom trabalho à frente da A.A. Pederneiras, mantendo a equipe em destaque no futebol amador da região.

Pesquisa e Texto: José Augusto Nunes

Redesenho do escudo 2 e seu uniforme: Sérgio Mello

Presidentes 
Jurandir Bueno de Souza
Antonio Faciolo (Piva)
Hino 
Escudos na linha do tempo  Clique aqui para ver os escudos e sedes usados por este time na linha do tempo
Escudos Anteriores  Pederneiras/SP [BRA]
Uniforme  Pederneiras/SP [BRA]
Mascote