Triângulo Azul/RJ [BRA]

Atualizado em 08/11/2015
Nome Oficial Triângulo Azul Football Club
Fundação  27/11/1923
Status Atual  Extinto
Endereço  Rua Barão de Itapagipe, 109 a 123
Bairro  Rio Comprido
Cidade  Rio de Janeiro
Estado  Rio de Janeiro
CEP 
País  Brasil
Retrospecto  Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Localização 
Telefone 
Apelido 
Mascote 
Uniforme  Azul e branco
Equipe Ranqueada  Triângulo Azul
Grafia Orig. Oficial 
Site Oficial 
Outros Sites 
Outros Sites 
Estádios 
Campo da Rua Francisco Bicalho (Campo do Jornal do Commercio), Rio de Janeiro/RJ, Brasil
Histórico 
Muitas histórias são perdidas com o passar do tempo. A grande maioria que encontramos com facilidade são dos grandes vencedores. Contudo, aquelas que contribuíram de forma modesta, em muitos dos casos como meros figurantes desaparecem. Essas histórias merecem serem resgatadas mesmo que seja por meras duas ou três linhas.

Um delas é o Triângulo Azul Futebol Clube. A equipe alvianil foi fundada no dia 27 de Novembro de 1923, e, tinha a sua sede e campo na Rua Barão de Itapagipe, 109 a 123, no Rio Comprido, na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Ao longo da sua história, o Triangulo Azul FC enfrentou equipes que estiveram na elite do futebol carioca, como: Jequié F.C.; Magno FC; Esperança FC e Rio São Paulo FC (no qual venceu por 4 a 2, em 1932).

Nos seus três primeiros anos, o clube participava de festivais (torneios). Então, o Triângulo Azul FC, juntamente com o Barroso FC, Rio Cricket, Silva Manoel AC, SC Luziadas, Nacional FC e Pelotas FC realizaram uma reunião às 21 horas, no dia 08 de Junho de 1927, onde fundaram a Liga Sportiva de Amadores (LSA). José Luiz Cutilato, representante do Triângulo Azul FC, foi decisivo ao indicar o primeiro presidente da LSA, Adelino A. Castro. Três anos depois o time alvianil se filou a Liga Graphica de Sports (LGS), em 1930. Já no ano seguinte (1931), ingressou na Segunda Divisão da AMEA (Associação Metropolitana de Esportes Athleticos).

Time-base de 1925: Pinto; Luiz e Hernany (Corta Sacco); Pires (Paulino), Feitiço e Ataliba (Pedro); Nini (Procópio), Pedro (Pêda), Álvaro (Zezé), Eduardo e Jacaré.

Time-base de 1927: Itália; Luiz e João; Rubens, Raul e Miúdo; Ricardo, Humberto, Mineiro, Jacintho e Motta.

Time-base de 1932: Rosa Branca; Joãosinho e Padinha; Nove, Hermiulo e Rubens; Macedo, Fernandes, Juca, Alvinho e João.

PS: Nesse período havia um grupo cristão chamado Triângulo Azul, mas não foi encontrado nada que interligasse o clube a entidade religiosa.

Fontes: O Imparcial, A Noite, A Batalha, Jornal dos Sports.

Pesquisa e Texto: Sérgio Mello, Auriel de Almeida

Redesenho do escudo e uniforme: Sérgio Mello

Presidentes 
Hino 
Escudos na linha do tempo  Clique aqui para ver os escudos e sedes usados por este time na linha do tempo
Escudos Anteriores 
Uniforme  Triângulo Azul/RJ [BRA]
Mascote