Central/PE [BRA]

Atualizado em 02/04/2014
Nome Oficial Central Sport Club
Fundação  15/06/1919
Status Atual  Em atividade
Endereço  Avenida Agamenon Magalhães, 425 - 1º andar
Bairro  Maurício de Nassau
Cidade  Caruaru
Estado  Pernambuco
CEP  50012-900
País  Brasil
Retrospecto  Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Localização 
Telefone  (81)3723-5827
Apelido  Patativa
Mascote 
Uniforme 
Equipe Ranqueada  Central
Site Oficial  www.centralsc.com.br
Outros Sites  www.caruaru.com.br/central.htm
Outros Sites 
Estádios  Luiz José de Lacerda (Lacerdão), Caruaru/PE, Brasil
José do Rego Maciel (Arruda), Recife/PE, Brasil
Antônio Inácio de Souza (Vera Cruz), Caruaru/PE, Brasil
Pedro Victor de Albuquerque, Caruaru/PE, Brasil
Histórico  Fundado em 15 de junho de 1919, a uma da tarde, na Sociedade Musical Comercial Caruaruense, tendo como representante o Sr. Francisco Porto de Oliveira. Recebeu esse nome em homenagem à Estrada de Ferro Central, que passava por Caruaru e unia o Litoral ao Sertão.
No início o time só disputava ligas regionais, mesmo assim revelou grandes jogadores como Machadinho, Zuza, Teonilo, Pedro, Rochura, Joaquim, Alemão e Tutu. Em 1936 o Vasco da Gama foi a capital do Agreste para um amistoso. O time cruzmaltino suou para conseguir vencer a patativa por 1 a 0. Os centralinos ainda conseguiram empatar, través de Tutu, mas o árbitro anulou o gol.
Um ano mais tarde, o Central finalmente era incluído entre os grandes do futebol pernambucano e começou a disputar o campeonato estadual. Em 1937, pela primeira vez o Central foi disputar o Campeonato Pernambucano. O sonho durou pouco, pois no mesmo ano a diretoria ficou irritada com as arbitragens e retirou a equipe do torneio. O Central filiou-se à Liga Esportiva Caruaruense e conseguiu faturar os títulos de 1942, 1945, 1948, 1951/52, 1954, 1958. Em 1951, a Patativa conseguiu um feito histórico, vencendo o Jocaru por 23 a 0, o meia Milton foi o artilheiro do jogo com 11 gols. Em 1980, as obras no estádio Pedro Victor de Albuquerque foram concluídas
O Estádio Pedro Victor de Albuquerque, passou a chamar-se Estádio Luis José de Lacerda, devido a sua ampliação na década de 80, fazendo do Central o time de maior patrimônio do interior de Pernambuco, na gestão de Luiz José Lacerda.

Fonte do escudo da decada de 60: Virginio Antonio Saldanha do Carmo
Presidentes  2005/06: Ronaldo Ferreira de Lima
Hino  Música e Letra: Professor José Florêncio Neto (Machadinho) Concurso de 1968

CENTRAL, CENTRAL, CENTRAL
Tu és a glória do Nordeste
Teu nome social
Enche de encantos
A Capital do Agreste

És tu linda bandeira
Que ao tremular
Diante dos campeões
É dos mais fortes
O nosso brado
Sentindo a vitória
Dos nossos corações

Nasceste em Caruaru
Sobre um belo céu de anil
Pensando em Pernambuco
Enaltecendo o Brasil
Tuas cores alvi-negras
Falam junto aos corações
Num desejo que tu sejas
Campeão dos Campeões.
Escudos na linha do tempo  Clique aqui para ver os escudos e sedes usados por este time na linha do tempo
Escudos Anteriores  Central/PE [BRA] Central/PE [BRA] Central/PE [BRA] Central/PE [BRA] Central/PE [BRA] Central/PE [BRA]
Uniforme 
Mascote