Central/PE [BRA]

Atualizado em 02/04/2014
Nome Oficial Central Sport Club
Fundação  15/06/1919
Status Atual  Em atividade
Endereço  Avenida Agamenon Magalhães, 425 - 1º andar
Bairro  Maurício de Nassau
Cidade  Caruaru
Estado  Pernambuco
CEP  50012-900
País  Brasil
Retrospecto  Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Localização 
Telefone  (81)3723-5827
Apelido  Patativa
Mascote 
Uniforme 
Equipe Ranqueada  Central
Site Oficial  www.centralsc.com.br
Outros Sites  www.caruaru.com.br/central.htm
Outros Sites 
Estádios  Luiz José de Lacerda (Lacerdão), Caruaru/PE, Brasil
José do Rego Maciel (Arruda), Recife/PE, Brasil
Antônio Inácio de Souza (Vera Cruz), Caruaru/PE, Brasil
Pedro Victor de Albuquerque, Caruaru/PE, Brasil
Histórico  Fundado em 15 de junho de 1919, a uma da tarde, na Sociedade Musical Comercial Caruaruense, tendo como representante o Sr. Francisco Porto de Oliveira. Recebeu esse nome em homenagem à Estrada de Ferro Central, que passava por Caruaru e unia o Litoral ao Sertão.
No início o time só disputava ligas regionais, mesmo assim revelou grandes jogadores como Machadinho, Zuza, Teonilo, Pedro, Rochura, Joaquim, Alemão e Tutu. Em 1936 o Vasco da Gama foi a capital do Agreste para um amistoso. O time cruzmaltino suou para conseguir vencer a patativa por 1 a 0. Os centralinos ainda conseguiram empatar, través de Tutu, mas o árbitro anulou o gol.
Um ano mais tarde, o Central finalmente era incluído entre os grandes do futebol pernambucano e começou a disputar o campeonato estadual. Em 1937, pela primeira vez o Central foi disputar o Campeonato Pernambucano. O sonho durou pouco, pois no mesmo ano a diretoria ficou irritada com as arbitragens e retirou a equipe do torneio. O Central filiou-se à Liga Esportiva Caruaruense e conseguiu faturar os títulos de 1942, 1945, 1948, 1951/52, 1954, 1958. Em 1951, a Patativa conseguiu um feito histórico, vencendo o Jocaru por 23 a 0, o meia Milton foi o artilheiro do jogo com 11 gols. Em 1980, as obras no estádio Pedro Victor de Albuquerque foram concluídas
O Estádio Pedro Victor de Albuquerque, passou a chamar-se Estádio Luis José de Lacerda, devido a sua ampliação na década de 80, fazendo do Central o time de maior patrimônio do interior de Pernambuco, na gestão de Luiz José Lacerda.

Fonte do escudo da decada de 60: Virginio Antonio Saldanha do Carmo
Presidentes  2005/06: Ronaldo Ferreira de Lima
Hino  Música e Letra: Professor José Florêncio Neto (Machadinho) Concurso de 1968

CENTRAL, CENTRAL, CENTRAL
Tu és a glória do Nordeste
Teu nome social
Enche de encantos
A Capital do Agreste

És tu linda bandeira
Que ao tremular
Diante dos campeões
É dos mais fortes
O nosso brado
Sentindo a vitória
Dos nossos corações

Nasceste em Caruaru
Sobre um belo céu de anil
Pensando em Pernambuco
Enaltecendo o Brasil
Tuas cores alvi-negras
Falam junto aos corações
Num desejo que tu sejas
Campeão dos Campeões.
Escudos na linha do tempo  Clique aqui para ver os escudos usados por este time na linha do tempo
Escudos Anteriores  Central/PE [BRA] Central/PE [BRA] Central/PE [BRA] Central/PE [BRA] Central/PE [BRA] Central/PE [BRA]
Uniforme 
Mascote