Sete de Setembro/MG [BRA]

Atualizado em 15/05/2020
Nome Oficial Sete de Setembro Futebol Clube
Fundação  07/09/1913
Status Atual  Incorporado
Endereço  Rua Córrego da Mota, 607
Bairro  Horto
Cidade  Belo Horizonte
Estado  Minas Gerais
CEP  31030-030
País  Brasil
Retrospecto  Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Localização 
Telefone  (31) 463-4684
Apelido 
Mascote 
Uniforme 
Nome Anterior  Sete de Setembro FR
Equipe Ranqueada  Sete de Setembro
Grafia Orig. 
Grafia Orig. Oficial  Sete de Setembro Foot-Ball Club
CNPJ  17.455.213/0001-00   Clique aqui para ver detalhes
Site Oficial 
Outros Sites 
Outros Sites 
Estádios 
Antônio Carlos, Belo Horizonte/MG, Brasil
Prado Mineiro, Belo Horizonte/MG, Brasil
Juscelino Kubitschek (Barro Preto), Belo Horizonte/MG, Brasil
Campo da Avenida Paraopeba, Belo Horizonte/MG, Brasil
Raimundo Sampaio (Independência), Belo Horizonte/MG, Brasil
Campo do Barro Preto, Belo Horizonte/MG, Brasil
Campo da Alameda, Belo Horizonte/MG, Brasil
Histórico 
O Sete de Setembro foi fundado em 07 de setembro de 1913.
Licenciou da FMF após fundir seu Conselho Deliberativo ao do América Futebol Clube em 1997, devido ao clube estar falido e endividado.

Seus primeiros jogos aconteceram no campo da Chácara Negrão, na rua Itajubá, no Bairro Floresta de Belo Horizonte, entre 1943 e 1945 seu estádio foi no Campo do 5º Batalhão da Polícia Militar, atual Colégio Tiradentes no Bairro Santa Tereza e, após a Copa do Mundo de 1950, a casa do Sete de Setembro passou a ser o Estádio Raimundo Sampaio, também conhecido como Estádio Independência.

Com a construção do Mineirão, o Estádio Independência caiu em um injusto esquecimento. Os torcedores e clubes não ligavam mais para o velho alçapão do Horto e para a sobrevivência do Sete de Setembro Futebol Clube, que já não tinha as rendas dos jogos do aluguel do estádio, passou a alugá-lo para outros clubes da capital para realizar treinamentos.

Mas, depois da construção da Vila Olímpica, Vale Verde e Toca da Raposa essa prática foi interrompida. O resultado foi o estado de abandono em que o estádio ficou por vários anos. Porém este quadro mudou em 1986 com a reforma do Independência no governo Hélio Garcia.

Foi vice-campeão mineiro em 1919 vencendo o Yale por 2 a 1 em uma decisão da Taça de Bronze e novamente vice em 1920.
Em 1944, passou a se chamar Sete de Setembro Futebol e Regatas, quando foi criada a Federação Mineira de Remo. Em setembro de 1948, voltou a atender por Sete de Setembro Futebol Clube.

Na década de 60 o Sete entrou definitivamente em decadência. Participou de algumas edições do Campeonato Mineiro, Torneios Incentivos e da Taça Minas Gerais até 1976 e depois apenas nas divisões inferiores.

Nos registros da Federação Mineira, participou 17 vezes do Campeonato Mineiro de 1916 a 1932, quando o futebol era amador e 30 vezes da era profissional, em 1934, de 1938 a 1961, de 1969 a 1971 e de 1974 a 1976, ano que encerrou suas atividades na 1ª divisão do futebol mineiro.
As últimas participações do Sete de Setembro em torneios oficiais foram na Terceira Divisão de 1997 e no Módulo II de 1998 com um convênio com a UFMG, treinado pelo Prof. Jurandir Gama Filho.

Depois disso, o Sete dedicou-se somente ao futebol de base em parceria com o América, disputando os campeonatos mineiros entre 1999 e 2001.

No fim da década de 80 e início da de 90, o conselho deliberativo do Sete foi incorporado ao América.

Em 1997, devido aos inúmeros problemas financeiros, o então presidente do América, Magnus Lívio, propôs ao seu conselho a incorporação do Sete de Setembro, que foi aceito pelas duas instituições, incluindo o seu principal patrimônio, o Estádio Independência.
Seguindo o estatuto do Sete, a própria diretoria fez com que ele acabasse após a fusão.

Ainda assim, em 1997 o clube conquistou o seu último título oficial, o Campeonato Mineiro de Futebol da Segunda Divisão, vencendo o Fabril de Lavras, no Independência, com um gol de penalty aos 50 minutos do segundo tempo marcado por Fábio Menezes, irmão de Ramon Menezes, que atuou por Cruzeiro e Atlético-MG.

Raimundo Sampaio, que dá nome ao estádio, foi presidente do clube além de árbitro de futebol nas décadas de 30 e 40 e jogador de futebol. Dizem que ele foi um grande lateral direito nos anos 20, conhecido como Mundico e o nome Raimundo Sampaio que foi dado ao Estádio Independência é uma homenagem a este que foi um grande incentivador do futebol e esporte de modo geral em Minas Gerais.

Quando nos lembramos de Raimundo Sampaio, temos que falar também sobre o Estádio Independência, que foi o maior palco do futebol mineiro durante 15 anos até a era Mineirão, inaugurado em 1965.

Texto: Julio Bovi Diogo
Redesenho do escudo e uniforme: Sérgio Mello
Fontes: Wikipédia, Gazeta Esportiva (ano de 1948)
Títulos 
CompetiçãoQuantidadeTemporadas
Torneio Eliminatório11921
Campeonato Mineiro - 3ª Divisão11997
Torneio Coronel Oscar Paschoal11956
Presidentes 
Hino 
Escudos na linha do tempo  Clique aqui para ver os escudos e sedes usados por este time na linha do tempo
Escudos Anteriores  Sete de Setembro/MG [BRA] Sete de Setembro/MG [BRA] Sete de Setembro/MG [BRA]
Uniforme 
Mascote