Cruzeiro/MG [BRA]

Atualizado em 30/04/2020
Nome Oficial Cruzeiro Esporte Clube
Fundação  02/01/1921
Status Atual  Em atividade
Endereço  Rua Timbiras, 2903
Bairro  Barro Preto
Cidade  Belo Horizonte
Estado  Minas Gerais
CEP  30140-062
País  Brasil
Retrospecto  Clique aqui para ver todos os campeonatos com participação deste time
Localização 
Telefone  (31)3349-1500
Apelido(s)  Raposa
Mascote(s)  Raposa
Cores 
Nome Anterior  Palestra Mineiro
Equipe Ranqueada  Cruzeiro
Grafia Orig. 
Grafia Orig. Oficial 
CNPJ  17.241.878/0001-11   Clique aqui para ver detalhes
Site Oficial  cruzeiro.com.br
Outros Sites  cruzeiropedia.org
Outros Sites 
Estádios 
Magalhães Pinto (Mineirão), Belo Horizonte/MG, Brasil
Raimundo Sampaio (Independência), Belo Horizonte/MG, Brasil
Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu), São Paulo/SP, Brasil
Minas Gerais (Mineirão), Belo Horizonte/MG, Brasil
Otacílio Negrão de Lima (Alameda), Belo Horizonte/MG, Brasil
Juscelino Kubitschek (Barro Preto), Belo Horizonte/MG, Brasil
Antônio Carlos, Belo Horizonte/MG, Brasil
Arena Pantanal, Cuiabá/MT, Brasil
Mané Garrincha (Nacional), Brasília/DF, Brasil
João Havelange (Parque do Sabiá), Uberlândia/MG, Brasil
Joaquim Henrique Nogueira (Arena do Jacaré ou Nogueirão), Sete Lagoas/MG, Brasil
Dilzon Luís de Melo (Melão), Varginha/MG, Brasil
João Lamego Netto (Lamegão, Ipatingão), Ipatinga/MG, Brasil
José Américo de Almeida Filho (Almeidão), João Pessoa/PB, Brasil
Rei Pelé (Trapichão), Maceió/AL, Brasil
Epaminondas Mendes Brito (Ipatingão), Ipatinga/MG, Brasil
Histórico 
O Cruzeiro Esporte Clube é uma agremiação da cidade de Belo Horizonte (MG). A Raposa nasceu através do esforço de desportistas da comunidade italiana em Belo Horizonte, com o nome de Societá Sportiva Palestra Itália, em 2 de janeiro de 1921.

Dos anos iniciais, datam os primeiros ídolos e conquistas do Palestra, como o tricampeonato estadual de 1928, 1929 e 1930, com uma equipe que contava com os lendários Ninão, Nininho, Bengala e Piorra. Em 1942, com a entrada do Brasil na 2ª Guerra Mundial, um decreto de lei do governo federal proibiu o uso de termos que remetem à Itália em entidades, instituições e estabelecimentos no Brasil.
Com isso, o Palestra Itália mudou de nome para Palestra Mineiro em 30/01/1942. Ficou com este nome até 01/10/1942. Em 02/10/1942 mudou extra-oficialmente o nome para Ypiranga EC por sugestão do presidente. A imprensa acabou utilizando este nome durante a semana. Em 07/10/1942, via assembleia, decidiu-se pelo nome definitivo: Cruzeiro EC. A estreia com o nome novo deu-se em 14/02/1943.

O nome escolhido, Cruzeiro Esporte Clube, foi em homenagem ao símbolo maior da pátria brasileira. Assim como o nome, o uniforme também sofreu mudanças. Antes verde e vermelho, em homenagem à bandeira italiana, o Clube adotou o azul e branco, inspirado pela seleção da Itália.
Nas décadas seguintes, o que se viu foi o crescimento de um gigante, especialmente após a inauguração do Estádio Magalhães Pinto, o Mineirão, onde o Cruzeiro conquistou os principais títulos da história do futebol de Minas Gerais. Com craques como Tostão, Piazza, Dirceu Lopes, Raul, Zé Carlos, Palhinha, Joãozinho, o fenômeno Ronaldo, Sorín, Alex, Fábio e tantos outros, o time passou a ser um dos clubes brasileiros com maior número de conquistas internacionais.

São dois títulos da Copa Libertadores (1976 e 1997), dois da Supercopa (1991 e 1992), um da Recopa (1999), um da Copa Ouro (1995) e um da Copa Master (1995). No âmbito nacional, o time azul foi quatro vezes campeão brasileiro (1966, 2003, 2013 e 2014) e, em quatro outras ocasiões, conquistou a Copa do Brasil (1993, 1996, 2000 e 2003).

Além dos títulos, o Cruzeiro é reconhecido mundialmente pela sua excelente estrutura e como um dos principais reveladores de talentos para o futebol, como aconteceu em relação a Ronaldo, Maicon, Gomes, Luisão, Wendell, Jussiê, Beletti e muitos outros.

Pesquisa, Texto e redesenho do escudo 3 e seu uniforme: Sérgio Mello
Fontes: Gazeta Sportiva Ilustrada, Site do Clube, Marlon Krüger Compassi
Outros telefones: 3349-1550/3492-2954
Títulos mineiros: 28, 29, 30, 40, 43, 44, 45, 56, 59, 60, 61, 65, 66, 67, 68, 69, 72, 73, 74, 75, 77, 84, 87, 90, 92, 94, 96, 97, 98 2 2003 e Super Mineiro 2002
Imagem do mascote: FMF
Títulos 
CompetiçãoQuantidadeTemporadas
Copa Libertadores da América21976, 1997
Campeonato Brasileiro41966, 2003, 2013, 2014
Copa do Brasil61993, 1996, 2000, 2003, 2017, 2018
Copa Sul-Minas22001, 2002
Copa Centro-Oeste11999
Super-Campeonato Mineiro12002
Campeonato Mineiro391926 (AMET), 1928, 1929, 1930, 1940, 1943, 1944, 1945, 1956, 1959, 1960, 1961, 1965, 1966, 1967, 1968, 1969, 1972, 1973, 1974, 1975, 1977, 1984, 1987, 1990, 1992, 1994, 1996, 1997, 1998, 2003, 2004, 2006, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018, 2019
Torneio Eliminatório11921
Torneio Natalino Triginelli11965
Torneio Hexagonal do Bispo11965
Copa Belo Horizonte11960
Taça Minas Gerais11973
Torneio Mário Coutinho11965
Copa dos Campeões Mineiros21991, 1999
Torneio Imprensa11927
Torneio Menotti Mucelli11952
Presidentes 
2014-2016: Gilvan de Pinho Tavares
2005: Alvimar de Oliveira Costa
1942: Ennes Ciro Poni
1921: Aurélio Noce
Hino 
Autor: Jair Ambrosio

Existe um grande clube na cidade,
Que mora dentro do meu coração.
E eu vivo cheio de vaidade,
Pois na realidade é um grande campeão.

Nos gramados de Minas Gerais,
Temos páginas heróicas e imortais.
Cruzeiro, Cruzeiro querido,
tão combatido, jamais vencido.

Existe um grande clube na cidade,
Que mora dentro do meu coração.
E eu vivo cheio de vaidade,
Pois na realidade é um grande campeão.

Nos gramados de Minas Gerais,
Temos páginas heróicas e imortais
Cruzeiro, Cruzeiro querido,
tão combatido, jamais vencido.

Cruzeiro, Cruzeiro querido,
tão combatido, jamais vencido.
Escudos na linha do tempo  Clique aqui para ver os escudos e sedes usados por este time na linha do tempo
Escudos Anteriores  Cruzeiro/MG [BRA] Cruzeiro/MG [BRA] Cruzeiro/MG [BRA] Cruzeiro/MG [BRA] Cruzeiro/MG [BRA]
Uniforme(s)  Cruzeiro/MG [BRA]
Mascote(s)  Cruzeiro/MG [BRA]
Bandeira(s) 
Flâmula(s)